Beyoncé expõe preconceito, família e casamento no álbum ‘Lemonade’

beyonce-limonade

 

Os fãs de plantão e críticos de música ficaram atentos ao especial da Beyoncé na noite desse sábado (23), onde a cantora apresentou o filme de seu novo álbum ‘Lemonade’. O título do novo trabalho é uma crítica ao preconceito que se tinha na época da escravidão, onde os negros bebiam limonada achando que iriam “clarear a pele”.

Em boa parte do vídeo a artista mostra várias pessoas com suas etnias e raças, além de mostrar familiares de negros mortos pela brutalidade policial principalmente nos Estados Unidos. Beyoncé já havia lançado essa polêmica quando divulgou o clipe de ‘Formation’, carro-chefe do novo álbum. Mantendo sua sonoridade no R&B, a cantora também passeia pelo gospel, blues, funk e algumas batidas mais agitadas.

Mais no âmbito familiar, Beyoncé fala na canção ‘Sorry’ sobre uma possível infidelidade de Jay-Z na época que houve o escândalo do rapper com a irmã da artista, a também cantora Solange Knowles. Para quem se lembra, Solange agrediu com tapas e chutes o dono do Tidal e a cantora foi contida pelo segurança do casal. Nem irei citar a questão dessa traição, que está pipocando na internet. Um assunto desse, que estoura na mídia e para todo mundo saber, é porque envolve grandes proporções e “acidentalmente”, se deixa vazar.

Algumas pessoas questionaram essa relação de Beyoncé com o empoderamento feminino que ela tanto prega há alguns anos. O maior questionamento é como a cantora prega algo que ela mesmo, teoricamente, não faz na realidade. No meu ver, a artista mantém o casamento pelo amor que ela ainda possui por Jay-Z, pois acompanhamos a história dos dois em eventos e no álbum ‘BEYONCÉ” e agora em novos vídeos do ‘Lemonade’.

Entretanto, isso não tira o poder de Beyoncé de pregar, no que ela acredita e no que se baseia o empoderamento, o poder da mulher perante a sociedade. Ainda não temos uma igualdade de gêneros, e muito menos um respeito igualitário. Quem critica essa relação de Beyoncé não acredita em uma igualdade de gêneros, o que chega a ser um absurdo, pois não deveríamos ter essa desigualdade em uma sociedade tão tecnológica e com a informação tão próxima ao nosso alcance.

Beyoncé acerta novamente em mostrar o poder feminino na sociedade e abre seu coração para sua intimidade e seu jeito de ser. Se há críticas, muitas são de pessoas que não entenderam a proposta do álbum. E essa limonada será bem amarga para algumas pessoas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.