Fatos lamentáveis e bizarros da última semana

SAO PAULO, SP, BRASIL, 19-02-2014: Retrato de Patrícia Abravanel. (Foto: Leticia Moreira/ FORBES)

(Foto: Leticia Moreira/ FORBES)

 

O brasileiro, quando quer, gosta de aparecer nos noticiários nacionais ou internacionais por suas “façanhas”. A última semana foi marcada, dentre outras notícias, por três fatos interessantes, lamentáveis e até intrigantes para a inteligência humana. Confira:

Zezé de Camargo e Luciano carregam tocha olímpica

O “carnaval” começou no revezamento da tocha olímpica. Os cantores Zezé de Camargo e Luciano, que não têm nada a ver com o esporte e muito menos fizeram algo em prol do mesmo, carregaram a tocha na cidade onde nasceram. A bizarrice é tanta que não há espaço para comentar algo assim. O pior disso tudo é que carnavais como esses vão acontecer em outros locais. Devíamos fazer um panelaço contra essas “celebridades”. Mais respeito com o esporte, por favor.

Decisão do Campeonato Alagoano acaba em pancadaria

Ao menos cinco torcedores, dois deles em estado grave, foi espancados e pisoteados após confusão na final do Campeonato Alagoano nesse domingo (8). Após o gol do CRB, em decisão contra o CSA, torcedores dos dois clubes invadiram o campo e fizeram do Estádio Rei Pelé um verdadeiro campo de guerra.

Jogadores do CRB foram ameaçados por torcedores rivais e ao menos duas pessoas foram espancadas com socos, chutes e pisoteadas. O médico do CRB fez os primeiros socorros a alguns torcedores, que foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não preciso nem dizer mais nada.

Patrícia Abravanel “choca” ao dizer que “homossexualismo não é normal”

Para começar, quem estiver dando crédito ao que uma subcelebridade como ela diz pode se internar agora. Patrícia nunca passou credibilidade em nada que fez no SBT e está apenas na TV por causa do pai. Sem sal e antipática, Patrícia força nas risadas, tem um sorriso falso e não sabe interagir com os participantes do programa. Sua posição não choca, mais sua ignorância sim.

O engraçado de tudo é que Patrícia era mais “liberal” quando ainda não tinha se convertido para a religião evangélica (não entrarei no mérito religioso, pois respeito cada opinião, mesmo sendo contra algumas) e hoje a “apresentadora” é mais dura e rude. Silvio Santos, muito sincero do jeito que é, sempre “tira sarro” na cara da filha, que fica que nem boba sentada vendo o pai caçoar dela. Não precisa dizer mais nada também.

(Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.