Jucá não quer ‘golpe’ e Temer o defende para evitar ‘desgaste’

(Foto: Pedro Ladeira)

 

A segunda-feira (23) não poderia terminar da melhor maneira. O Ministro do Planejamento do governo interino de Michel Temer ameaça terminar com a Lava Jato, porque se o processo cair para Moro “ferra com todo mundo”, não definiu tão bem o governo Temer como hoje.

O ministro demonstrou quanto o país caminha para um rumo sem volta. Assim como Dilma, Michel está perdido em meio as pessoas que “pensam” em fazer justiça e entre aquelas pessoas que querem continuar na corrupção. Além disso, a suspensão de novas vagas para o Fies e Prouni é a prova de que o governo quer uma população “burra” e “passiva”.

Temer por outro lado, se reúne com o ministro e pede seu afastamento para evitar desgaste político, após a liberação das gravações sobre a Lava Jato. Se Michel fosse realmente mudar o país, já mudaria o ministro do Planejamento para que a vergonha não seja maior.

Jucá se preocupa com o possível aumento de delações, por meio de uma determinação do STF, o que em teoria poderia prejudicar políticos como ele próprio, Sérgio Machado, Temer, além de políticos já envolvidos na operação, mas que não foram investigados, como é o caso de Aécio Neves.

Se alguém tinha dúvidas sobre a Lava Jato, elas foram respondidas por Jucá. Se alguém tinha dúvidas do golpe, acho que também foram respondidas. Se alguém ainda tem dúvidas do atual governo brasileiro e do governo fachada que estamos vivendo, acho que essa é a hora de repensar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.