Movimentos continuam a atacar o PT e “esquecem” Temer

cor

 

Após a saída temporária de Dilma Rousseff da presidência do Brasil, e em seguida, a entrada de Michel Temer de modo interino, o então presidente em exercício já cometeu vários deslizes na nomeação de seus ministros, a maioria investigados pela Operação Lava Jato, além da suspensão de novas vagas do Fies e Prouni e o possível pedido de empréstimo ao BNDES para pagar as contas públicas, que vem se arrastando de outros governos do país como o de Fernando Henrique Cardoso.

Temer acaba por “manter” o sistema corrupto na presidência e nos ministérios e ainda “defendeu” Romero Jucá, após o mesmo declarar que iria “parar a Lava Jato” (sem contar a brilhante fachada criada pela operação para “salvar alguns” e “condenar outros”). Todos esses fatos poderiam criar uma nova revolta na população e nos movimentos anticorrupção ou “anti-PT”, mas não foi isso que aconteceu.

Em uma breve visita nas páginas do Facebook desses movimentos percebemos o quanto os fatos de Temer e Cia são “ignorados” pelos “manifestantes”. O mais “importante” deles, o Movimento Brasil Livre (MBL) sequer se preocupa com as manobras de Temer no governo e continua a atacar Dilma e PT pelos “novos fatos revelados” pela mídia tendenciosa. A única postagem citando Temer aconteceu nessa terça-feira (24) e não condena o então presidente, mas ataca os militantes petistas que “ameaçam seus familiares”.

Na página do Movimento Brasil Consciente, os “editores” da página preferem atacar a “corrupta” Lei Rouanet, que libera verbas “aleatórias” para qualquer artista realizar o que bem entender com a cultura brasileira. O Movimento Muda Brasil foca em condenações de “petralhas” pela Lava Jato e também sobre “manobras” realizadas por Lula para não ser condenado pelos seus “crimes”. O Movimento Endireita Brasil também condena a lei cultural e aponta fatos divulgados pela mesma mídia tendenciosa sobre a Lava Jato.

O único movimento “menos tendencioso” que o blog analisou foi o Movimento Limpa Brasil que pede a prisão de todos os corruptos como Renan Calheiros e membros dos partidos PSDB, PMDB e Cia, mas não cita nada contra o governo Temer nem suas “manobras”.

Alguns seguidores até condenam a postura dos movimentos de não irem às ruas para pedir o impeachment de Temer e que a Lava Jato investigue de maneira correta todos os envolvidos, como, por exemplo, Aécio Neves. Os fatos estão ai e não preciso dizer muito sobre de que lado esses movimentos estão.

O blog Um Pequeno Jornalista está aberto a receber as famosas “notas-retornos” dos movimentos sobre suas posições perante o novo governo brasileiro. Estamos abertos ao diálogo da melhor maneira possível. Mas será que os movimentos estão abertos a esses diálogos e a continuarem a combater a corrupção que, de maneira “escondida”, continuar a “destruir” O Brasil?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.