Imprensa exagera na hora de repercutir o caso de Ingrid Oliveira e ‘muso’

(Foto: Satiro Sodré / SSPress)

 

Para quem acompanha as Olimpíadas no Rio este ano, se deparou com vários tipos de notícias, sejam para vangloriar uma modalidade ou atleta, ou simplesmente pelo fazer notícia do jornalismo diário. Entretanto, enquanto os resultados aconteciam, a mídia brasileira se preocupou em repercutir um desentendimento entre duas atletas do salto ornamental, que destoou completamente do espírito olímpico.

Resumidamente, a atleta Ingrid Oliveira – aquela que se irritou quando algumas pessoas comentaram do seu bumbum em uma propaganda dos Jogos Olímpicos – resolveu levar um affair para dentro do seu apartamento na Vila Olímpica, o que irritou a atleta Giovanna Pedroso, companheira de Ingrid no salto e que estava hospedada no mesmo apartamento que a colega. O que teria estourado o assunto foi que Giovanna foi “expulsa” do apartamento por Ingrid e a mesma reclamou da atitude da colega para os responsáveis da delegação brasileira.

Imediatamente, a imprensa bombardeou nossa cabeça que notícias de diferentes ângulos sobre o assunto, contando nos detalhes o que havia acontecido naquele dia. O affair em questão seria o atleta da canoagem Pedro Henrique Silva, que competiu na categoria K1 nessa quarta-feira (10) e conseguiu o sexto lugar, algo inédito para o Brasil. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) evitou dar nomes, mas identificou o rapaz pelo apelido “muso”.

A história poderia ter sido resolvida da melhor maneira e sem alarde, não fosse o grande destaque midiático – o famoso showrnalismo – ocorrido no caso. A notícia virou um grande espetáculo para o aumento de “views” em sites e blogs, e também na audiência da televisão – um repórter da Rede Globo questionou Pedro sobre o caso após sua competição, mas o atleta pediu para que o destaque fosse seu feito na canoagem e não sobre uma “fofoca”.

O problema não é a notícia em si, pois mesmo que seja algo negativo, é uma notícia que não passa despercebida. O grande problema é o espetáculo criado em volta do assunto, que foi investigado “a fundo” pelos jornalistas destinados ao assunto. Se você pesquisar no Google sobre o ocorrido, você verá uma enxurrada de notícias – no famoso “mais do mesmo” – e o que o fato repercutiu nas redes sociais.

A repercussão, claro, causou problemas. Ingrid foi massacrada nas redes sociais, principalmente no Instagram, e desfez sua parceria com Giovanna após as duas não conseguirem bons resultados nas Olimpíadas. Pedro foi “inocentado” no fato, pois ele não se posicionou sobre a briga, e o assunto ainda rende frutos para essa mídia fervorosa que fica atrás de uma polêmica.

Passado a maré alta, vamos retornar a normalidade e deixar que os envolvidos resolvam por si só esse assunto. Todos são adultos, sabem muito bem escolher seu futuro, e não é a mídia que vai mudar isso.

(Foto: Ivan Alvarado/Reuters)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.