Quando evitamos de enxergar os fatos mais simples de nossa política

(Foto: Cris Faga)

(Foto: Cris Faga)

 

Michel Temer pode ter suas contas de 2014 reprovadas em um possível julgamento em 2017. Isso é o que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) expõe ao receber diversos pedidos para que as contas de Dilma Rousseff e Michel Temer, candidatos a presidente e vice-presidente, respectivamente, em 2014, sejam revisadas e se a chapa responde junta por possíveis irregularidades – o mesmo processo de responsabilidade fiscal que tirou Dilma do governo.

O presidente do TSE, Gilmar Mendes, até agora recusou todos esses pedidos, alegando que as contas não poderão ser verificadas e concluídas ainda em 2016, mas o fato chega a ser tão claro e simples, que me recuso a acreditar que Temer não pode, ou não poderia, ser cúmplice no que foi Dilma foi acusada no processo de impeachment.

Por esse lado, a imprensa (parcial) brasileira noticia o fato como se fosse um grande escândalo, como se julgar Michel Temer fosse a pior coisa do mundo. Mas Temer sabia de todas as tomadas de decisões de Dilma, não é a toa que ele era seu vice, e se em algum momento a presidente fez alguma manobra irregular no governo, Temer também deveria responder por não barrar ou mesmo ir contra essas tomadas de decisões.

Chega a ser alarmante como a imprensa coloca isso no papel ou na TV, pois enquanto o Brasil continua afundado em dívidas e na alta desenfreada do desemprego, a imprensa acha um absurdo questionar o “intocável” Temer.

O “Fora Temer” vai existir enquanto esse governo continuar insistindo nas tomadas de decisões como previdência e carga horária de trabalho, pois não é tirar o dinheiro do povo que vai resolver a crise, e sim parar com a corrupção e roubalheira nos cofres públicos. As “gentilezas” precisam acabar e o governo daqui pra frente deveria pensar mais na população, e não na classe “coxinha” do país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.