A qualidade do jornalismo se perdeu em algum momento que não sabemos

O caso do jornal Extra com o goleiro Muralha, do Flamengo, ainda repercute no meio midiático. O que vemos é um jornalismo sedento pela informação, não importa como ela seja, para que ao “views” e “likes” possam dar conta da gigantesca produção de notícias que temos atualmente.

Quando Antônio Tabet critica o Extra em sua coluna no jornal O Globo, vemos que a imprensa não é unida como parece. Os egos falam alto, os interesses são os primeiros a darem as caras e o profissionalismo é deixado de lado. Temos inúmeros casos assim, que mostram como a mídia está perdida no tempo e deixando a qualidade de lado para focar na quantidade.

A correria para que o anúncio, o patrocinador apareça é muito grande, mas também precisamos tomar cuidado com isso. Hoje, o marketing usa fatos “impossíveis” para lucrar em cima da confusão gerada no consumidor. Podemos ver isso no marketing em cima da cantora Claudia Leitte, que tiraria o “Leitte” do nome, e também com o cantor Luan Santana, que sairia do sertanejo e iria para o heavy metal. Tudo pelo business.

Por mais que isto confunda o consumidor, coisas assim estão ganhando o consumidor e as redes sociais. Os comentários sobre os assuntos, a repercussão e mais uma vez a mídia noticiando sobre o impacto gerado pela propaganda mantém este ciclo vicioso, onde o consumidor paga, direta ou indiretamente, por aquilo e tanto o produto quanto a mídia lucram com essa tática.

Vivemos em um mercado midiático e publicitário com interesses e “pegadinhas”, sejam elas boas ou ruins. No entanto, devemos aliar esse novo comércio com notícias de qualidade, que informem em vez de mancharem a reputação de uma pessoa ou implantar fatos mentirosos apenas pela busca de milhares de visualizações. Devemos saber até onde ir ou nos perderemos no que é certo ou errado na hora de ler uma notícia e absolver conhecimento.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.