Fãs e imprensa ‘buscam’ culpado por erros que tiraram a vida de Mac Miller

(Foto: Reprodução)

Tocar em um assunto como a morte é sempre muito complicado. Há diversos fatores para que uma pessoa tire sua vida ou mesmo tire a vida de alguém, por mais que isso seja errado. Recentemente, passamos pela morte do rapper Mac Miller, onde mais uma vez o vício das drogas levou a vida de um artista.

No entanto, muitas pessoas ficaram chocadas e começaram a atacar a ex-namorada do rapper, a cantora Ariana Grande. Pouco tempo depois do término do namoro com Mac, Ariana anunciou que estava namorando o comediante Pete Davidson, do Saturday Night Live, e que os dois já tinham planos de noivado. Coincidência ou não, Mac veio a falecer tempos depois deste anúncio por uma suposta overdose de drogas (a causa da morte ainda não foi confirmada).

Sua morte culminou em uma enxurrada de críticas a Ariana Grande, que teria “fugido” do “desafio” de ajudar Mac Miller contra as drogas. Chegaram a colocar Ariana como o principal motivo da suposta overdose que levou Mac a morte. O Instagram da cantora recebeu diversos comentários negativos, mesmo após a homenagem de Ariana a Mac, o que fez a equipe da cantora censurar os comentários na rede social.

Não podemos culpar uma pessoa pelo erro da outra. O vício de Mac Miller não tem nada a ver com a Ariana, nem mesmo o término do namoro dos dois. Segundo alguns jornais dos Estados Unidos, Ariana tentou auxiliar Mac a sair das drogas, mas sem sucesso. Um amigo próximo a Mac disse que Ariana estava esgotada com a situação e por isso resolveu se afastar.

Hoje, o mundo das redes sociais pode ser muito bom por um lado, mas muito perigoso pelo outro. Tudo que dissermos e escrevermos pode atingir a pessoa da mesma maneira como se aquilo fosse dito pessoalmente. Temos uma certa liberdade na internet nunca antes vista. Falamos qualquer bobeira e não nos preocupamos com as consequências. Mas essas consequências podem ser desastrosas.

É importante temos consciência e até uma certa “etiqueta” do que postar nas redes sociais, principalmente no caso da morte de alguém ou sobre uma pessoa que tem uma legião de fãs, como Ariana. É uma situação onde você produz ódio em muitas pessoas e não vai levar a lugar nenhum, apenas atingir de maneira negativa as pessoas envolvidas.

O caso de Mac Miller não é isolado e temos diversos artistas que se envolvem com as drogas. Um grande exemplo recente foi Demi Lovato. Por isso, precisamos ter ética no que é compartilhado em suas redes. Estamos vivendo em uma sociedade ignorante e não precisamos de mais problemas como este. É o famoso “desconfiometro”. É preciso ter e sempre usar, pois fará bem para a sua e para a saúde de todos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.